ASSEMBLEIA GERAL DO SINDSPUMC, NESTE SÁBADO 04/O7 AS 09h NA SEDE SOCIAL DO SINDSPUMC

05 dezembro, 2016

Educação quer lançar consulta pública sobre mudanças no Enem

educacao
O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse que estuda lançar uma consulta pública sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Segundo ele, o objetivo é receber sugestões para melhorar a aplicação do exame, cuja segunda aplicação ocorreu neste fim de semana. O governo pretende elaborar as questões ainda este mês e publicar as linhas gerais do debate em janeiro de 2017.
De acordo com o ministro, ainda não é possível prever que mudanças serão efetivamente discutidas. Ele, no entanto, não descartou que a sociedade seja consultada sobre, por exemplo, a possibilidade de o Enem ocorrer apenas em um dia.
“Não temos ainda quadro de perguntas que podem ser feitas, que podem nortear o caminho a ser discutido.A temática não pode ser tão abrangente que termine virando algo difícil de coletar por aqueles que participam do Enem”, ponderou.
Gilv@n Vi@n@

Maior consumo de energia elétrica do Nordeste é do RN

energia_eletrica_-_subestacao
A recessão econômica do país influenciou diretamente no consumo de energia no Rio Grande do Norte nos últimos dois anos, conforme informou nesta semana o diretor-presidente da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), Luiz Antonio Ciarlini. De acordo com ele, o crescimento da distribuição energética potiguar ficou bem abaixo da média das últimas décadas.
Mesmo com recessão a Companhia investiu mais de R$ 240 milhões em obras de infraestrutura este ano no estado que tem a menor tarifa residencial do Nordeste (R$ 0,40) por kilowatt/hora, uma das menores do país e o maior consumo residencial da região.
Para o diretor da Cosern, está claro que o baixo crescimento foi causado pela recessão, que diminui o consumo da indústria e do comércio, por exemplo. Embora 85% dos 1,38 milhão de clientes potiguares sejam residenciais, eles são responsáveis por 40% do consumo. A indústria representa 10% e o comércio 20%. Ele acredita e o estado só não teve uma queda maior porque o setor da indústria é pequeno.
Gilv@n Vi@n@

Odebrecht deve atingir Temer e sete ministros

marcelo ode
As perspectivas do que vem por aí com as delações da Odebrecht assombram o Planalto. As afirmações dos cerca de 70 executivos do grupo devem atingir pelo menos sete ministros. O próprio Michel Temer, aliás, deverá ser citado por Marcelo Odebrecht e pelo menos mais dois ex-executivos da empreiteira, por doações eleitorais negociadas diretamente por ele. As informações são da coluna de Vera Magalhães no Estado de S.Paulo.
“Temer já conhece os nomes que devem aparecer na “delação das delações”. Há quem aconselhe uma ação profilática, com o afastamento de ministros antes da homologação dos acordos. Mas a tendência do presidente é agir como tem feito em casos semelhantes: aguardar o auxiliar se enforcar, para só então descartá-lo. O problema é que, a depender do estrago no coração do governo, não haverá biombo no Congresso que impeça que as ruas se voltem na sua direção.
Gilv@n Vi@n@

Projetos minam a capacidade de investigação da PF

pf
Cinco projetos em tramitação no Congresso podem minar a capacidade investigativa da Receita Federal. Integrantes do órgão apontam uma operação articulada para enfraquecer a Lava Jato na esfera fiscal. Uma das medidas em especial preocupa os auditores: uma proposta no Senado que exige ordem de chefias – indicadas por critérios políticos – para a deflagração de fiscalizações. Se o projeto passar, auditores dizem que terão seu potencial de investigação “sufocado”.
Segundo a coluna Painel, há queixas ainda à regulamentação da Lei da Repatriação. Segundo os auditores, ao manter em sigilo os CPFs e CNPJs dos que aderiram ao programa de regularização, a Receita acabou impedindo a possibilidade de investigação desses recursos.
Gilv@n Vi@n@

Elize Matsunaga é condenada a quase 20 anos de prisão pela morte do marido

elize
A Justiça de São Paulo condenou na madrugada desta segunda-feira (5) a bacharel em direito Elize Matsunaga pela morte do marido, Marcos Kitano Matsunaga, diretor da Yoki alimentos, em maio de 2012. Elize foi condenada a 19 anos, 11 meses e 1 dia de prisão em regime fechado. O júri, iniciado na segunda-feira (28), ocorreu no Fórum Criminal da Barra Funda, na Zona Oeste da capital paulista.
O julgamento durou sete dias e foi um dos mais longos da Justiça de São Paulo. O júri foi formado por quatro mulheres e três homens. Eles ficaram reunidos por mais de 2h30 para definir o julgamento. O juiz Adilson Paukoski deu a sentença às 2h07 desta segunda-feira. Elize ouviu a sentença já vestida com camiseta branca, calça caqui e chinelo de dedos com as mãos para trás. O juiz não permitiu que se fizesse imagens dela.
Ela foi condenada a 18 anos e 9 meses por homicídio sem chances de defesa da vítima, e mais 1 ano, dois meses e 1 dia por destruição e ocultação de cadáver. Os jurados não consideraram as qualificadoras “motivo torpe” (por vingança e dinheiro) e “meio cruel” (que a vítima ainda estaria viva quando foi esquartejada), pedidas pela promotoria. Elize já cumpriu 4 anos e meio de prisão antes do julgamento.
Gilv@n Vi@n@

Noiva que seguia para casamento morre em queda de helicóptero

quedA
Tragédia em São Paulo. O helicóptero que caiu na tarde deste domingo em São Lourenço da Serra, levava uma noiva ao seu casamento. Junto com ela estavam o seu irmão, uma fotógrafa que estava grávida e o piloto da aeronave, informa o jornal Estado de S. Paulo. O helicóptero seguia para o Sítio Recanto Beija-Flor, em São Lourenço, onde a cerimônia, e caiu por volta das 16h, horário em que estava agendado o início da celebração.
Segundo o dono do sítio, Carlos Eduardo Baptista, a noiva pretendia fazer uma surpresa para o noivo ao chegar de helicóptero. “Ela e o irmão estavam muito animados, queriam que fosse uma surpresa para todos.” Ainda de acordo com o proprietário, a festa de casamento tinha cerca de 300 convidados e todos já esperavam pela noiva para o início da cerimônia.
“Trabalho com festas há mais de 30 anos e, quando as noivas decidem vir de helicóptero, são comuns alguns imprevistos como atrasos ou cancelamentos por causa do tempo. Mas, dessa vez, como atrasaram e ninguém da empresa me avisou, eu fiquei desesperado e liguei para a polícia, para os bombeiros”, contou.
Gilv@n Vi@n@

Natal sedia etapa regional do Torneio de Robótica do Sesi

e16181c9-c2ec-4fac-81be-920a48075a74
A capital potiguar também realizará a sua etapa regional do Torneio de Robótica no mês de dezembro. O evento será realizado de 09 a 10 de dezembro no Clube Sesi, situado na Avenida Capitão Mor Gouveia, 2770, em frente a Ceasa. Organizado pelo Serviço Social da Indústria (SESI), estarão envolvidos estudantes de 9 a 16 anos, de escolas públicas ou particulares.
A missão do Torneio de Robótica é fortalecer a capacidade de inovação dos jovens. Com base nessa interação com os bichos, cada equipe terá de apresentar um Projeto de Pesquisa, onde o problema do mundo real será pesquisado e a solução compartilhada com todos. Tem ainda a prova do Design de Robô, em que os alunos planejam, projetam e constroem robôs com peças LEGO. No Desafio do Robô, as máquinas precisam cumprir missões na mesa da competição, em partidas de até dois minutos e meio. E, finalmente, na prova de Core Values, o que conta é o trabalho em equipe.
Gilv@n Vi@n@

Bióloga quer reciclar bitucas de cigarro e transformar em porta-copos

porta-copo
A bióloga Bárbara Sales, de 26 anos, vem desenvolvendo uma pesquisa para transformar as bitucas de cigarro em porta-copos. Ela apresentou seu trabalho durante a 7ª ExpoCatadores, em Belo Horizonte. O evento, organizado pelo Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR), começou no dia 28 e terminou no dia 30.
Atualmente trabalhando como educadora ambiental no Instituto Inhotim, Bárbara começou seu estudo, como projeto de final de curso, no Centro Universitário Newton Paiva. Ela coletou manualmente as bitucas pelas ruas da capital mineira e também disponibilizou um coletor em alguns bares, onde os fumantes poderiam fazer o descarte do resto do cigarro após o consumo.
Por meio de testes e de revisão bibliográfica, a bióloga estabeleceu um processo de reciclagem. “Eu deixei as bitucas de molho em um componente químico por cerca de sete dias. Em seguida, o material foi submetido a um cozimento a 200 graus e virou uma massa. Depois, há um processo para deixar as partículas mais homogêneas, a secagem e a confecção do porta-copo”, explica.
Gilv@n Vi@n@

Projeto do abuso: Planalto e base podem desacelerar

DSC8883-750x497
Após manifestações País afora, que tiveram como foco a atuação dos parlamentares para inibir investigações da Operação Lava Jato e ações de juízes e promotores, o Palácio do Planalto e líderes partidários do Senado avaliam que o projeto de lei de abuso de autoridade deverá ser desacelerado. A matéria poderá sair da pauta de votação do plenário do Senado amanhã.
Esse calendário de apreciação do projeto havia sido anunciado há três semanas pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), principal alvo dos protestos de ontem. Segundo líderes da base e interlocutores do Planalto, a tendência é que a pressão pública retire a proposta de lei de abuso de autoridade da lista de prioridades de votação.
Oficialmente, o discurso do governo é não se envolver em assuntos do Legislativo, embora haja uma expectativa de que o projeto não avance e chegue à mesa do presidente Michel Temer para decidir se veta ou sanciona as medidas.
Gilv@n Vi@n@

Devassa em MDS esbarra em apadrinhados de políticos

nepotismoO Ministério do Desenvolvimento Social recebe todo dia visita de servidores da Controladoria Geral da União. Depois da revelação de fraudes e doações irregulares de beneficiários do Bolsa Família para campanhas, a CGU ampliou a devassa sobre o cadastro do programa.
Além das irregularidades, o órgão identificou dezenas de familiares de políticos que “administram” a seleção de beneficiários em vários municípios. E suas excelências querem culpar o MP e a PF por investigá-los.
Já na Câmara Federal, os evangélicos criaram uma comissão que promete confrontar os ministros. Alega-se que o Supremo resolveu legislar no lugar do Legislativo.
Deputados do PMDB e PSDB decidem na próxima semana se fecham questão em apoio à candidatura de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a presidência da Câmara em 2017.
Gilv@n Vi@n@

04 dezembro, 2016

Impopularidade do governo Temer em seu nível mais alto

alvorada
Lauro Jardim informa que o Palácio do Planalto recebeu pesquisas qualitativas indicando que na semana retrasada o nível de aprovação do governo chegou ao seu pior momento desde a posse.
O ponto mais relevante é o sentimento de decepção. Em suma, a popularidade, que já não era boa, nunca esteve tão ruim.
As mesmas pesquisas, contudo, revelam que o caso Geddel passou praticamente em brancas nuvens para o povão: ali, o que conta é o bolso vazio.
Gilv@n Vi@n@

Morreu Ferreira Gullar

ferreira
O poeta, ensaísta, crítico de arte, dramaturgo, biógrafo, tradutor e memorialista Ferreira Gullar morreu aos 86 anos. A informação foi confirmada pelo colunista Ancelmo Gois. A causa da morte ainda não foi confirmada. O escritor estava internado no Hospital Copa D’Or, na Zona Sul do Rio.
Ferreira Gullar assumiu ao longa da vida uma extensa lista de papéis que, sozinhos, não dão a dimensão do seu lugar na cena cultural do país. Um dos fundadores do neoconcretismo, o poeta participou de todos os acontecimentos mais importantes da poesia brasileira.
Quarto dos 11 filhos do casal Newton Ferreira e Alzira Ribeiro Goulart, ele nasceu José Ribamar Ferreira no dia 10 de setembro de 1930 em São Luiz, no Maranhão. No início da década de 1950, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde, em 1956, participou da exposição concretista que é considerada o marco oficial do início da poesia concreta. Três anos depois, criou com Lígia Clark e Hélio Oiticica, o neoconcretismo, que valoriza a expressão e a subjetividade em oposição ao concretismo ortodoxo.
Militante do Partido Comunista, exilou-se na década de 1970, durante a ditadura militar, e viveu na União Soviética, na Argentina e Chile. Retornou ao país em 1977 e foi preso por agentes do Departamento de Polícia Política e Social no dia seguinte ao desembarque, no Rio. Foi libertado depois de 72 horas de interrogatório graças à intervenção de amigos junto a autoridades do regime. Depois disso, retornou aos poucos às atividades de critico, escritor e jornalista.
Eleito em 2014 para a Academia Brasileira de Letras, coleciona uma vasta lista de prêmios. Em 2002, foi indicado por nove professores dos Estados Unidos, do Brasil e de Portugal para o Prêmio Nobel de Literatura. Em 2007, seu livro “Resmungos” ganhou o Prêmio Jabuti de melhor livro de ficção do ano. A obra, editada pela Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, reúne crônicas de Gullar publicadas no jornal Folha de S. Paulo ao longo de 2005.
Em 2010, foi agraciado com o Prêmio Camões, o mais importante prêmio literário da Comunidade de Países de Língua Portuguesa. No mesmo ano, foi contemplado com o título de Doutor Honoris Causa na Faculdade de Letras da UFRJ. Um ano depois ganhou o Prêmio Jabuti com o livro de poesia “Em alguma parte alguma”.
Gilv@n Vi@n@

Protesto na Esplanada dos Ministérios reúne 10 mil, segundo organizadores

alvorada2
A chuva não animou os brasilienses a protestarem contra a corrupção na Esplanada dos Ministérios neste domingo (4). Um número menor que o reunido em atos semelhantes se reuniu para pedir a aprovação das chamadas 10 Medidas de Combate à Corrupção, conforme defendido pelos procuradores que integram a Operação Lava-Jato.
Segundo a organização, cerca de 10 mil pessoas passaram pela Esplanada. A Polícia Militar estimou o número em 5 mil. Como habitualmente, a maioria vestia camisa amarela. Muitos levavam faixas também pedindo a a saída do presidente do Senado Federal, Renan Calheiros, que, durante a semana, apoiou uma tentativa de votar com urgência o pacote anticorrupção alterado pela Câmara dos Deputados.
Gilv@n Vi@n@

Redação do Enem adiado fala sobre o combate ao racismo no Brasil

O tema da redação da segunda aplicação do Enem 2016 é “Caminhos para combater o racismo no Brasil”. A informação foi divulgada nas redes sociais pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), no início da tarde deste domingo (4).
A expectativa para descobrir o tema era também dos candidatos que fizeram o Enem de novembro. Na prova aplicada nos dias 5 e 6 do mês passado, a orientação era escrever sobre “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”.
Gilv@n Vi@n@

Rosalba diz que festa de Santa Luzia é momento de louvar e pedir luz para governar

IMG_0328
A prefeita eleita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, participou da abertura da Festa de Santa Luzia, neste sábado, 3. Ela acompanhou os atos religiosos presididos pelo bispo diocesano, Dom Mariano Manzana, e se entusiasmou com a apresentação de 13 artistas mossoroenses que, juntos, cantaram o hino da padroeira de Mossoró.
Outro ponto cultural considerado bastante significativo, unindo religiosidade e cultura, foi a apresentação de orquestras sinfônicas dos municípios de Assú, Viçosa, Baraúna e Mossoró ( Arthur Paraguai, criada há 80 anos).
“Esse é um momento de louvor e de pedir a gloriosa virgem Santa Luzia sua intercessão para que possamos ter força e sabedoria na condução da nossa Mossoró no enfrentamento de tantos problemas. Que Santa Luzia ilumine nossos caminhos”, destacou Rosalba.
Gilv@n Vi@n@

CPRE realiza mais de 600 testes de alcoolemia na madrugada durante o Carnatal

cpre_carnatal
Policiais do 1º Distrito do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (1º DPRE/CPRE) realizaram na madrugada deste domingo (4) mais uma edição da “Operação Zero Álcool” na área do Carnatal, na capital potiguar. Desta vez, a barreira foi montada na Avenida Prudente de Morais, próximo a uma faculdade.
Ao todo foram realizados 612 testes de alcoolemia, o que resultou na condução de três motoristas à Delegacia de Plantão da zona Sul de Natal por estarem dirigindo seus veículos com o nível de álcool acima do permitido e terem se submetido ao exame do etilômetro.
A operação também autuou cinco motoristas administrativamente, registrou três recusas ao exame de alcoolemia e confeccionou quatro autos de infração contra pessoas que foram flagradas com veículos sem serem habilitadas.
A Operação Zero Álcool ocorreu simultaneamente a Operação Lei Seca do DETRAN que realizou duas barreiras, ambas na Avenida São José.
Gilv@n Vi@n@

GIRO PELOS MUNICÍPIOS

NATAL I

Os servidores públicos da prefeitura de Natal acamparam, na quarta-feira, 23/11, a sede da Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social (SEMTAS). Os trabalhadores caminham para deflagrar greve geral.
NATAL II
Realizada na quinta-feira, dia 24/11, no Plenarinho da Assembleia Legislativa a audiência pública “A Mulher Negra e o Enfrentamento à Discriminação e à Violência no Rio Grande do Norte”. A atividade foi proposta pelo deputado Fernando Mineiro (PT/RN).
UPANEMA
O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Upanema (SINDISERPU) promoveu na manhã de sábado, em seu auditório, debate sobre a PEC 241/55 e a sobre conjuntura atual do nosso país. A atividade contou com a participação de servidores e setores da sociedade upanemense.
MOSSORÓ I
Realizado na quinta-feira, 23/11, pela manhã, no auditório da Faculdade de Serviço Social (FASSO/UERN) debate para lembrar os 10 anos da Lei Maria da Penha. O evento foi promovido pelo Centro de Referência da Mulher, Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, E Núcleo de Estudos da Mulher Simone de Beauvoir.
MOSSORÓ II


A Federação dos Trabalhadores em Administração Pública Municipal do Rio Grande do Norte (FETAM/RN) se fez presente ao Nono Encontro Nacional da Articulação com o Semiárido (IX EconASA). Os Encontros Nacionais da ASA, os EnconASAs, têm se constituído como um importante espaço de debate político-organizativo da rede, onde se formulam e propõem políticas e ações de desenvolvimento para o Semiárido pautadas na proposta de convivência com o semiárido. Na programação de Mossoró participaram comitivas dos estados do Nordeste e mais de cidades do Norte do estado de MG. A FETAM/RN esteve representada por seu vice-presidente, Marcelo Manduca.
MOSSORÓ III
Realizado no sábado, 26/11, no Seminário Santa Terezinha Curso de Organização e Representação Sindical de Base – ORSB, promovido pela CUT em parceria com a FETAM/RN e apoio dos Sindicatos: SINDIMETAL, SECOM, SINTECT e Servidores Municipais de Tibau, Baraúna, Janduís, Angicos, Messias Targino e Marcelino Vieira. O objetivo foi qualificar novos dirigentes e pessoas da base desses sindicatos.
SERRA DE SÃO BENTO
Professor aposentado pelo INSS nos últimos 10 anos podem e devem recorrer na revisão de seus vencimentos. O Fator previdenciário não se aplica a professor garante a tese do advogado e professor Francialdo Leila. A orientação é da direção do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Serra de São Bento e Monte das Gameleiras (SINDISERRAMONTE). Os interessados em rever seus benefícios, alerta Ariadny Moreira, podem procurar o sindicato.
MACAU
Realizada no último sábado, eleição para escola da nova diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Macau. Numa disputa acirrada, Gilson Barbosa foi reeleito para comandar os destinos da entidade.
Gilv@n Vi@n@

MUNICIPAIS REAFIRMAM COMPROMISSO COM O PAÍS EM MAIS UM DIA NACIONAL DE PARALISAÇÕES

Os municipais deram mais uma demonstração de força e de compromisso com o país. Foi na sexta-feira, com a adesão maciça dos trabalhadores ao Dia Nacional de Mobilização.
Atendendo ao chamamento da  Federação dos Trabalhadores em Administração Pública Municipal do Rio Grande do Norte (FETAM/RN), os sindicatos associados realizaram atos públicos, manifestações, debates e greves em várias regiões do Estado.
O Dia Nacional de Mobilização é uma luta pela valorização do serviço público, em defesa da garantia dos direitos dos servidores públicos e contra as reformas trabalhista e da previdência e contra todas as medidas que vem sendo adotadas por Michel Temer numa clara tentativa de acabar com as políticas públicas. A pauta inclui ainda a defesa da saúde e da educação, o combate à PEC 55 e à reforma do ensino médio. Também será mais um grito contra terceirização, à prevalência do negociado sobre o legislado e à flexibilização do contrato de trabalho. O 25 de novembro foi marcado por greves, manifestações e protestos.
A FETAM/RN tem se integrado às mobilizações feitas pelos movimentos sociais e coletivos, como a Frente Brasil Popular, e convocado os municipais a atender ao chamado. Nesse sentido, orientou os sindicatos convocar os servidores para paralisar todas as atividades e realizar atos públicos.
Foram realizadas manifestações em cidades polos em conjunto com outros movimentos sociais; mobilizados todos os segmentos da sociedade e em especial relacionados com o serviço público municipal para denunciar as medidas do Governo Golpista em frente as prefeituras.
Os sindicatos realizaram atos para marcar as paralisações. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Angicos (SINDSPAN) realizou ato público, a exemplo do que ocorreu com o SINDISERRAMONTE.
O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Areia Branca  (SINSPUMAB) aproveitou o Seminário de Raça, que promoveu em parceria com a FETAM, e mostrou à sociedade local os abusos cometidos pelo governo golpista de Michel Temer.
Gilv@n Vi@n@

SEMINÁRIO DE RAÇA DISCUTE IMPORTÂNCIA DA IDENTIDADE NEGRA

seminarioderaca
A Federação dos Trabalhadores em Administração Pública do Rio Grande do Norte (FETAM/RN) promoveu, dia 25/11, através da sua Secretaria de Afirmação da Raça, e em parceria com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Areia Branca (SINSPUMAB), o Seminário de Raça: Igualdade de Direitos e Oportunidades.
Segundo a secretária de Afirmação da Raça, Francileide Persciliano, o evento objetivou levar a população a refletir o papel negro na sociedade e a afirmação de sua identidade negra.
A programação foi aberta às 9h da manhã com roda de capoeira. Em seguida, foi formada a mesa dos trabalhos, com a presença de representantes do SINSPUMAB, FETAM, CONFETAM (Confederação do Nacional do Serviço Público) e CUT (Central Única dos Trabalhadores).
Às 10h, foi ministrada a palestra “O Papel do Negro na Atual Conjuntura Sócio-Política do País”, pela ex-vereadora de Natal. Em seguida houve debate, considerações finais e pausa para almoço.
À tarde, às 14h, a apresentação cultural foi a dança dos orixás. Na sequência, houve roda de conversa “Desmistificação das Religiões de Matrizes Africanas”, tendo como palestrantes da professora Eliane Anselmo (UERN), babalorixá Noamã Pinheiro, Kátia Cruz e Yaô Klenisson Kelpson.
Às 15h30, aconteceu o momento “Construindo Minha Identidade Negra”. Às 16h, a culminância se deu  com uma caminhada até o cais. O encerramento foi com a apresentação cultural do grupo “Rapaduras Pop”.
Gilv@n Vi@n@

ATRASO NO PAGAMENTO DE SALÁRIOS VIRA PESADELO PARA TRABALHADORES POTIGUARES

O atraso no pagamento dos salários virou rotina e uma tremenda dor de cabeça para os servidores públicos. Essa é uma triste realidade presente na maioria dos municípios potiguares e que tem desafiado os sindicatos filiados e FETAM. “É um fato absurdo que, infelizmente, vem se tornando comum em nossa realidade”, lamenta o presidente da FETAM/RN, Francisco de Assis Gomes Filho.
Cidades como Carnaubais, Luís Gomes, Mossoró e Areia Branca estão sempre pagando com atraso e, na maioria das vezes, de forma e escalonada. Luís Gomes, por exemplo, deve 50% do mês de dezembro de 2015, comissionado, contratados. A uma parte dos efetivos pagou dia 31 e a educação já está há quatro anos recebendo no dia 10 de cada mês.
A prefeitura de Itajá colocou em dia há poucos dias, mas não há garantia de que continuará assim. Em Lucrécia os professores do ensino fundamental ainda não receberam o mês de outubro. Arez esse mês pagou no dia 11.
Assis Filho diz que o pagamento dos salários é obrigação dos gestores. O atraso é mais um desafio que se coloca aos trabalhadores para testar seu poder de luta e de mobilização. “Além de termos que lutar por melhores condições de trabalho, valorização salarial e pelo reconhecimento e respeito aos nossos direitos, temos também que ser firmes para garantir que os salários sejam pagos em dia”, analisa o presidente da FETAM.
Para ele, para esses outros desrespeitos praticados pelos gestores, só mesmo a pressão, exercida por meio de atos públicos e protestos, se mostra como ferramenta útil aos trabalhadores. “Por fim, optamos pela greve, quando não há mais possibilidade de negociação e diálogo”, finaliza.
Gilv@n Vi@n@

NOTA DE REPÚDIO DA SECRETARIA DE JUVENTUDE DA FETAM/RN

NOTA DE REPÚDIO DA SECRETARIA DE JUVENTUDES DA FETAM/RN CONTRA AS AGRESSÕES SOFRIDAS A NOSSA DEMOCRACIA NO DIA 29 DE NOVEMBRO DE 2016 EM BRASÍLIA
Na última terça feira, 29 de novembro, cerca de 30 mil pessoas de todo país, entre elas jovens estudantes e trabalhadores, tomaram a capital federal para dizer não aos retrocessos do governo golpista de Michel Temer.
Porém foram atacados pelo aparelho repressor do governo golpista, chegando ao ponto de alguns saírem feridos e detidos irregularmente. Em paralelo a isso, o Senado votava a PEC 55 com as galerias vazias, sem o acesso do povo, fato agravante, pois a PEC 55 é de interesse de todos e há diferentes manifestações em todo o território nacional, ocupação de escolas, universidades, todos contra nominada proposta.
Nossos jovens, que corajosamente iniciaram um ato pacífico com cerca de 30 mil pessoas, foram surpreendidos pela violência da Polícia Militar, que tinha ordem para dispersar os manifestantes e usaram de tudo, batendo no povo de cassetetes, bomba de gás lacrimogêneo e spray de pimenta, artifícios postos contra o povo nos regimes totalitários.
Uma polícia bem equipada, com helicóptero, cavalaria e outros instrumentos, desempenhando um papel inverso ao que deveria realizar, pois estava em defesa da sociedade.
Brasília se tornou um campo de guerra. Diferentes direitos foram violados. Exigimos que os casos de abuso de violência contra os nossos jovens sejam apurados e os culpados punidos.
Ariadny Moreira.
Secretária de Juventudes da FETAM/RN
Gilv@n Vi@n@

FETAM/RN SE INTEGRA À JORNADA DA RESISTÊNCIA DA FETAM/CE



A Federação dos Trabalhadores em Administração Pública Municipal do Rio Grande do Norte (FETAM/RN) se integrou à jornada de debates, organização e de aprimoramento da luta dos trabalhadores municipais realizada pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce). O evento, foi realizado no período de 28 a 30 de novembro, discutiu, em sua sexta edição, o tema “Resistência”.
Pela FETAM/RN, estiveram na jornada o presidente Francisco de Assis Gomes Filho, o vice-presidente Marcelo Manduca; e os secretários de Organização Sindical, Pedro Neto, de Comunicação, Lairton Viana, e de Afirmação da Raça, Francileide Persciliano, além dos dirigentes sindicais Anderson Alencar (Polo Seridó), Vilma Viana (Polo Oeste) e Marciel Souza (Polo Agreste/Trairi).
O evento teve como desafio de não só colocar em debate a conjuntura desafiadora atual, mas sim de apontar que horizonte de lutas os servidores públicos devem trilhar, sobretudo sabendo que vivemos tempos de golpe e retrocessos em quase todos os nossos direitos.
“Mais que um tema, o termo ‘resistência’ é um convite para a luta! Estamos sendo duramente atacados com a PEC 241, o PLP 257, a flexibilização de direitos trabalhistas e previdenciários, o desmonte dos municípios e a destruição das garantias dos servidores públicos”, alerta a presidente da Fetamce, Enedina Soares.
O temário do evento pôs em debate como o movimento sindical e social do país, especialmente dos servidores públicos, precisa se organizar para que possa enfrentar a retirada de conquistas em vários campos.
A “Jornada da Resistência” abriu espaço ainda para o debate sobre a necessidade de uma nova visão dos sindicatos, haja vista os “tempos de crise” que vivemos. Sendo assim, oficinas apontaram o horizonte para a negociação coletiva, o orçamento público, a dívida pública e a organização sindical.
O presidente da FETAM/RN, Assis Filho, contribuiu com os debates expondo sobre o cenário potiguar e sobre como as medidas do golpista Michel Temer tem impacto a vida dos trabalhadores norte-riograndenses em especial e do brasileiro como um todo. Parabenizou a FETAMCE pela Jornada  e afirmou que eventos dessa natureza devem ser realizados de modo a que não só a classe trabalhadora mas toda a sociedade brasileira se coloque contra o atual estado de coisas.
Gilv@n Vi@n@

JUSTIÇA AFASTA PREFEITA DE BARAÚNA E DETERMINA BUSCA E APREENSÃO

O Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria da República de Mossoró, e o Ministério Público Estadual (MPRN), por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Baraúna/RN, com apoio do GARPP (Grupo de Atuação Regional de Defesa do Patrimônio Público) e do GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), deflagraram, na manhã de quinta-feira (1), a “Operação Didática”, voltada à apuração de atos de improbidade administrativa perpetrados no âmbito da Prefeitura de Baraúna.
Na seara federal foi instaurado Inquérito Civil voltado à apuração de irregularidades na gestão de recursos públicos federais repassados ao Município de Baraúna, no exercício 2014, referentes ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e ao Programa de apoio à Manutenção da Educação Infantil (MDS).
Já na esfera estadual, a investigação abrange a decretação de estado de emergência forjado por parte da Prefeitura de Baraúna, utilizado como fundamento para dar ares de regularidade a dispensas de licitação indevidas, bem como o pagamento indevido de serviços de licenciamento de uso e direito de software, os quais não restaram devidamente executados.
Afastamento – Os procedimentos investigatórios deram origem a Ações Civis de Improbidade Administrativa, uma em trâmite perante a 8ª Vara Federal da Seção Judiciária do Rio Grande do Norte e duas perante a Vara Única da Comarca de Baraúna/RN. Ambos os Juízos decretaram o afastamento provisório da Prefeita Antônia Luciana da Costa Oliveira (PMDB), tendo o referido juízo estadual autorizado ainda à realização de busca e apreensão nas dependências da Prefeitura Municipal de Baraúna.
Foi decretada, por ambos os juízes (Federal e Estadual), a indisponibilidade de bens dos réus, no valor total de R$ 3.121.141,25, sendo R$ 2.756.093,15 bloqueados pelo juiz Federal e R$ 365.048,10 pelo juiz de Comarca de Baraúna.
A Justiça Federal determinou, ainda: a proibição de ingresso e aproximação das dependências da Prefeitura de Baraúna/RN, bem como de contato com integrantes da administração municipal, em relação aos réus pessoas físicas; a proibição de novos empenhos e pagamentos por parte do Município de Baraúna em favor das empresas demandadas.
Polícia e marido – Os mandados de afastamento da prefeita e de busca e apreensão estão sendo cumpridos por Oficiais de Justiça – Federal e Estadual – e por membros do Ministério Público Estadual e servidores, com apoio da Polícia Militar.
Luciana é mulher do ex-prefeito Gilson Oliveira, o “Gilson Professor”, que convive com diversas demandas judiciais e condenações. É velho conhecido dos tribunais. O vice-prefeito é Édson Barbosa (PV). 
Fonte: Blog do Carlos Santos
Gilv@n Vi@n@


IPM emite nota rechaçando memorando que trata dos dias letivos

O corpo docente do Instituto Padre Miguelinho emitiu, na tarde de sexta-feira (02/12), uma nota em que rechaça um memorando publicado pela SEEC que trata dos dias letivos. Confira abaixo a nota:
O turno matutino do Instituto Padre Miguelinho-IPM, reunidos em quórum qualificado, avaliou e refletiu o MEMORANDO CIRCULAR N.° 90\2016-SEEC/GS. Realizamos uma leitura do documento e na sequencia abrimos para o debate.
Pauta:
Cumprimento dos 200 dias letivos.
*Síntese do debate
O discurso presente no memorando é contraditório e falacioso. Avaliamos, por exemplo, que o discurso dos 200 dias letivos serve apenas para oprimir e desmobilizar a luta dos trabalhadores e trabalhadoras em educação, quando paralisam suas atividades para irem à luta. Outro elemento observado é que, no IPM, no turno vespertino, os/as estudantes passaram o ano todo sem aulas de matemática, e praticamente o ano todo sem aula de física, química e biologia. O turno matutino fez o seguinte questionamento: cadê o cumprimento dos 200 dias letivos? Se o/a estudante é central no processo para a SEEC, porque não resolveram o cumprimento dos 200 dias letivos do turno vespertino?
O documento fala que o Governo tem honrado com pontualidade os vencimentos. Mentira. Meses passados foi pago com atraso. O documento aborda que os recursos dos aposentados/as não são pagos com o FUNDEB, e informa que desde 2014 passou a ser pago pelo IPERN, tipo assim… Não temos relação nenhuma com isso. Para o turno matutino, chegou a ser desrespeitoso o documento, pois toda sociedade POTIGUAR sabe que o governador golpista raspou todo o dinheiro do Fundo Previdenciário, por isso não tem dinheiro. Só explicar que não são pagos com o dinheiro do FUNDEB sinaliza descompromisso com quem contribuiu a vida toda. O matutino continuará com suas tarefas políticas e pedagógicas, permanecerá na luta, no enfrentamento e seguindo as orientações do SINTE/RN.
Da luta não vamos nos retirar. Por fim, cadê as promoções horizontais? As verticais? A quadra do IPM? O/a estudante é importante no processo pedagógico, mas não é o central, O central é a carreira do Magistério, é a valorização.
Corpo docente do turno matutino do IPM
Natal, 02 de dezembro de 2016
Gilv@n Vi@n@